SISTEMAS DE RETENÇÃO PARA CRIANÇAS

Um sistema de retenção para crianças (SRC) é o conjunto de componentes, que pode incluir uma combinação de precintas ou componentes flexíveis com uma fivela de aperto, dispositivo de regulação, acessórios e, nalguns casos, um sistema adicional e/ou um escudo contra impacte, capaz de ser fixado a um automóvel, sendo concebido de modo a diminuir o risco deferimentos do utilizador em caso de colisão ou de desaceleração do veículo através da limitação da mobilidade do seu corpo.

A necessidade de transportar uma criança num automóvel num sistema de retenção apropriado ao seu peso  resulta de uma exigência legal plasmada no artigo 55.º do Código da Estrada (Lei n.º 72/2013, de 3 de setembro).

As crianças são seres humanos delicados que confiam em nós, adultos, para que cuidemos delas com toda a segurança.

E nós, adultos, será que correspondemos a essa confiança? Até que ponto é que as protegemos devidamente quando as transportamos?

Mesmo nos trajetos mais curtos, as nossas crianças devem ser sempre transportadas num SRC homologado e adequado ao seu tamanho e peso criando deste modo condições para uma viagem segura.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) alerta que uma colisão a 50 Km/h, para uma criança que não esteja devidamente protegida, equivale a uma queda de um terceiro andar.

Nesse sentido, devemos sensibilizar os mais pequenos, desde muito cedo, para a importância dos sistemas de retenção na proteção em caso de acidente. Como as crianças têm tendência a imitar os adultos, o exemplo é fundamental, pelo que os adultos devem sempre utilizar o seu próprio sistema de retenção, ou seja, o cinto de segurança, quer nos bancos da frente quer nos da retaguarda.

A HOMOLOGAÇÃO ECE R44/04

O regulamento ECE R44 foi aprovado no início da década de 80, tendo sido objeto de três atualizações que visaram adaptá-lo aos avanços técnicos registados neste domínio. Desde o ano de 2008 que, na Europa, já não é permitido utilizar sistemas de retenção aprovados segundo as duas primeiras versões do regulamento: ECE R44/01 e ECE R44/02.

Além da classificação conhecida por grupos de peso, os sistemas de retenção para crianças (SRC’s) homologados pelo R44/04 classificam-se segundo a variedade de modelos de automóveis em que podem ser instalados:

Universal

Como o próprio nome atribuído a esta classificação indica, os modelos de SRC’s universais podem utilizar-se em todos os veículos.

No caso dos sistemas de retenção para crianças com sistema ISOFIX, a cadeira deve ter um terceiro ponto de ancoragem ou fixação superior, que deve ser fixo no ponto de ancoragem. Nestes casos, os utilizadores devem confirmar se o veículo indica no seu manual de instruções a possibilidade de instalar “sistemas de retenção para crianças ISOFIX universais”.

Semi-universal

Os SRC’s semi-universais podem utilizar-se numa ampla variedade de veículos. Contudo, nestes casos é fundamental que o utilizador/adquirente confirme os modelos de automóveis nos quais é possível instalar a cadeira que surgem identificados no manual de instruções da cadeira. Exemplo destes SRC’s são alguns sistemas ISOFIX cujo terceiro ponto de ancoragem consiste num pé que se apoia no chão do veículo. Alguns veículos dispõem no chão de um espaço para transportar objetos ou equipamentos e é possível que o pé da cadeira ISOFIX não possa ficar apoiado sobre esse espaço de armazenagem, já que este poderá ceder e afundar durante a colisão.

Específico para alguns veículos

Estes tipo de SRC’s só pode utilizar-se em determinados veículos. Os modelos de automóveis nos quais é possível instalar a cadeira aparecem identificados no seu manual de instruções.

Os dois últimos dígitos do Regulamento ECE R44/04 indicam que o sistema de retenção foi homologado de acordo com a quarta versão da norma, que entrou em vigor em junho de 2005. Os sistemas de retenção para crianças homologados pelo Regulamento ECE R44/04 devem ostentar em local visível uma etiqueta de homologação, que é a garantia de que o produto passou os testes exigidos e é seguro.

QUE TIPO DE SISTEMA DE RETENÇÃO DE CRIANÇA É O MIFOLD?

O Mifold encontra-se homologado na União Europeia segundo a norma ECE R44/04, FMVSS 213 nos Estados Unidos da América e  RSSR regulations no Canadá.

Está enquadrado no Grupo  2/3 “Universal” (15 aos 36Kg) dos sistemas de retenção infantil, o que significa que pode ser usado na maioria dos veículos. Só funciona em veículos equipados com cintos de segurança de três pontos e não é utilizado através de sistema ISOFIX.

Para obter este tipo de homologação, os equipamentos são testados em colisões frontais a 50 km/h com recurso a test crash test P-dummies e instrumentos de avaliação avançados desenhados para avaliar o nível de proteção que cada sistema de retenção oferece.

©2019 Mifold Portugal
Show Buttons
Hide Buttons